Chile e Peru: alguns dados da Igreja nos países que receberão o Papa

Em ambos os países, maioria da população é católica; viagem do Papa será de 15 a 21 de janeiro 

Da Redação, com Boletim da Santa Sé

Logos da viagem do Papa ao Chile e Peru / Foto: Divulgação

Chile e Peru, dois países de maioria católica, se preparam para receber o Papa Francisco na próxima semana, de 15 a 21 de janeiro. Nesta quinta-feira, a sala de imprensa da Santa Sé divulgou alguns dados estatísticos sobre a Igreja nesses dois países. Os números referem-se à situação em 31 de dezembro de 2015.
 
No Chile, 74% da população de cerca de 18 milhões de habitantes é católica, ao passo que no Peru, com 31 milhões 152 mil habitantes, esse número sobe para 89,6%. Para esses católicos, há 960 paróquias no Chile e 1645 no Peru.

Leia também
.: Papa envia videomensagem ao Chile e Peru às vésperas de sua viagem

Até 15 de dezembro de 2015, os católicos chilenos contavam com 50 bispos, 1175 sacerdotes diocesanos e 1108 sacerdotes religiosos. Auxiliando os sacerdotes, havia 1138 diáconos permanentes. No Peru, um país mais extenso territorialmente, os dados contabilizam 68 bispos, 2.088 sacerdotes diocesanos, 1.273 sacerdotes religiosos e 65 diáconos permanentes. 

Com relação aos leigos, são 1473 missionários do Chile e 11.120 no Peru. Na catequese, o Chile conta com 43.547 catequistas e o Peru com 51.367. 

Assim como em outros países, o Chile conta com o auxílio da Igreja católica também na área social, existindo no país diversos centros caritativos e sociais de propriedade ou dirigidos por eclesiásticos ou religiosos. Os chilenos estão assistidos, por exemplo, por 18 hospitais, 39 ambulatórios, 318 casas para idosos e portadores de deficiência, 205 orfanatos e 43 centros especiais de educação ou reeducação social.  No Peru a situação não é diferente. São 38 hospitais, 323 ambulatórios, 90 casas para idosos e portadores de deficiência, 244 orfanatos e 36 centros especiais de educação ou reeducação social. 

Francisco desembarca no Chile na segunda-feira, 15, por volta de 20h (hora local). Ele visitará duas cidades: a capital Santiago e Temuco, ao sul da capital. Ele permanece no Chile até quinta-feira, 18, quando segue para o Peru, país onde visitará as cidades de Iquique, a capital Lima e Puerto Maldonado. Nessa última, um dos momentos bastante aguardados na viagem: o encontro com os povos da Amazônia. 

Acesse
.: Programação da viagem do Papa ao Chile e Peru

O post Chile e Peru: alguns dados da Igreja nos países que receberão o Papa apareceu primeiro em Notícias.

;
Matéria retirada do Site: Noticias do Vaticano por papa.cancaonova.com

Gostou do nosso site, compartilhe...

Pastoral da Comunicação Santa Terezinha

Missão: “Testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus Cristo”. A Pastoral da Comunicação testemunha e anuncia o Evangelho de Jesus Cristo, promovendo a comunhão e a participação ativa no processo comunicacional e consolidando a missão da Igreja por meio da comunicação. Definição: “É a pastoral do ser e estar em comunhão com a comunidade. É a pastoral da acolhida, da participação, das inter-relações humanas, da organização solidária e do planejamento democrático do uso de recursos e instrumentos de comunicação” (doc. 75 – Igreja e Comunicação -  CNBB) A Pastoral da Comunicação é o organismo que deve aproximar-se dos meios de Comunicação e colocá-los a serviço da divulgação da mensagem de Cristo, proclamando a partir dos telhados (cf MT. 10, 27; Lc 12,3) a mensagem da qual é depositária. E João Paulo II vem confirmar este anseio da Igreja quando diz que “não é suficiente usar os meios de comunicação para difundir a mensagem cristã e o Magistério da Igreja, mas é necessário integrar a mensagem nesta “nova cultura”, criada pelas modernas comunicações... Com novas linguagens, novas técnicas, novas atitudes psicológicas”. (Redemtoris missio). Objetivo Geral: As diretrizes da Pascom têm como objetivo principal consolidar a missão da Igreja por meio da comunicação. Organizar e animar a Pastoral da Comunicação, para que ela seja um instrumento eficaz e ajude permanentemente as paróquias e, por conseguinte a diocese a cumprir sua missão de anunciar a Cristo de modo planejado. O fortalecimento do processo dialógico enaltece qualidades existentes na comunidade como a acolhida, o amor fraternal e a compreensão da complexidade das relações pessoais e a superação dos desafios, tornando comum as diferenças e assumindo em conjunto o projeto evangélico da instalação do Reino de Deus entre nós. O Sistema Pascom de Automatização de Mensagens, foi desenvolvido plenamente para que nossos paroquianos tenha sempre a mão as notícias mais atualizadas possíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *