No dia dedicado a São José, Papa ordenará três bispos

Os presbíteros são naturais do Canadá, Polônia e Malta; Ordenação ocorrerá em missa dedicada a São José 

Da redação, com Boletim da Santa Sé

Na próxima segunda-feira, 19, Papa Francisco celebrará no Vaticano a solenidade de São José e conferirá a Ordem Episcopal a três presbíteros. Monsenhor Waldemar Stanislaw Sommertag, Monsenhor Alfred Xuereb e Monsenhor Avelino José Bettencourt serão ordenados bispos da Igreja Católica.

Monsenhor Waldemar Stanislaw Sommertag é do clero da diocese de Pelplin, na Polônia. Nasceu no dia seis de fevereiro de 1968, ordenado sacerdote em 30 de maio de 1993, e nomeado arcebispo titular de Maastricht e núncio apostólico na Nicarágua no dia 15 de fevereiro de 2018.

Leia também
.: Arquidiocese de Brasília promove festejos em honra a São José

Monsenhor Alfred Xuereb pertence a diocese de Gozo, em Malta. Nasceu no dia 14 de outubro de 1958, ordenado sacerdote em 26 de maio de 1984, e eleito Arcebispo titular de Amantea e núncio apostólico para a Coreia e Mongólia no dia 26 de fevereiro de 2018.

Monsenhor Avelino José Bettencourt pertence a Arquidiocese de Ottawa, no Canadá. Nascido em 23 maio de 1962 nos Açores, em Portugal, o presbítero foi ordenado sacerdote em 29 de maio de 1993, eleito Arcebispo Titular de Cittanova e nomeado núncio apostólico na Geórgia e Arménia no dia 26 de fevereiro de 2018.

O post No dia dedicado a São José, Papa ordenará três bispos apareceu primeiro em Notícias.

;
Matéria retirada do Site: Noticias do Vaticano por papa.cancaonova.com

Gostou do nosso site, compartilhe...
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
SHARE
YouTube
YouTube
INSTAGRAM

Pastoral da Comunicação Santa Terezinha

Missão: “Testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus Cristo”. A Pastoral da Comunicação testemunha e anuncia o Evangelho de Jesus Cristo, promovendo a comunhão e a participação ativa no processo comunicacional e consolidando a missão da Igreja por meio da comunicação. Definição: “É a pastoral do ser e estar em comunhão com a comunidade. É a pastoral da acolhida, da participação, das inter-relações humanas, da organização solidária e do planejamento democrático do uso de recursos e instrumentos de comunicação” (doc. 75 – Igreja e Comunicação -  CNBB) A Pastoral da Comunicação é o organismo que deve aproximar-se dos meios de Comunicação e colocá-los a serviço da divulgação da mensagem de Cristo, proclamando a partir dos telhados (cf MT. 10, 27; Lc 12,3) a mensagem da qual é depositária. E João Paulo II vem confirmar este anseio da Igreja quando diz que “não é suficiente usar os meios de comunicação para difundir a mensagem cristã e o Magistério da Igreja, mas é necessário integrar a mensagem nesta “nova cultura”, criada pelas modernas comunicações... Com novas linguagens, novas técnicas, novas atitudes psicológicas”. (Redemtoris missio). Objetivo Geral: As diretrizes da Pascom têm como objetivo principal consolidar a missão da Igreja por meio da comunicação. Organizar e animar a Pastoral da Comunicação, para que ela seja um instrumento eficaz e ajude permanentemente as paróquias e, por conseguinte a diocese a cumprir sua missão de anunciar a Cristo de modo planejado. O fortalecimento do processo dialógico enaltece qualidades existentes na comunidade como a acolhida, o amor fraternal e a compreensão da complexidade das relações pessoais e a superação dos desafios, tornando comum as diferenças e assumindo em conjunto o projeto evangélico da instalação do Reino de Deus entre nós. O Sistema Pascom de Automatização de Mensagens, foi desenvolvido plenamente para que nossos paroquianos tenha sempre a mão as notícias mais atualizadas possíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *