Papa no Angelus: a oração é condição indispensável para a missão

A oração, aquela “fervorosa e incessante, segundo o ensinamento de Jesus”, é indispensável para os missionários do Evangelho, disse o Papa 

Da Redação, com Vatican News

O Papa Francisco lembra o Dia Mundial das Missões durante a oração do Angelus deste domingo, 20 / Foto: Reprodução Vatican News

A mensagem do Papa Francisco que precedeu a Oração Mariana do Angelus deste domingo, 20, Dia Mundial das Missões, assim como a homilia na Santa Missa durante a manhã na Basílica de São Pedro, insistiu no comprometimento em anunciar a Palavra.

Por ocasião especial da data que recorda milhares de missionários atuando no mundo, o Pontífice exortou “que todo batizado tome uma viva consciência da necessidade de cooperar no anúncio do Reino de Deus por meio de um compromisso renovado”.

Essa responsabilidade missionária de toda a Igreja foi enfatizada inclusive 100 anos atrás, lembrou Francisco, com a Carta Apostólica Maximum Illud do Papa Bento XV. O documento tinha o objetivo de “requalificar evangelicamente a missão no mundo”.

“No contexto transformado de hoje, a mensagem de Bento XV é ainda atual e nos estimula a superar a tentação de qualquer fechamento autorreferencial e de toda forma de pessimismo pastoral para nos abrirmos à alegre novidade do Evangelho. Em nosso tempo, marcado por uma globalização que deveria ser solidária e respeitosa com a particularidade dos povos e que, ao invés disso, sofre ainda da homologação e dos velhos conflitos de poder que alimentam guerras e arruínam o planeta, nesse tempo que é assim, os crentes são chamados a levar a todos os lugares, com novo ímpeto, a boa nova de que em Jesus a misericórdia vence o pecado, a esperança vence o medo, a fraternidade vence a hostilidade. Cristo é a nossa paz e n’Ele toda divisão é superada, n’Ele só tem a salvação de todo homem e de todo povo.”

Eu rezo para os missionários?

O Papa continuou encorajando os missionários do Evangelho e finalizou: “Para viver em plenitude a missão, há uma condição indispensável: a oração, uma oração fervorosa e incessante, segundo o ensinamento de Jesus proclamado também no Evangelho de hoje, em que ele conta uma parábola «sobre a necessidade de rezar sempre, sem nunca se cansar” (Lc 18: 1). Hoje também é uma boa oportunidade para nos perguntar: eu rezo para os missionários? Rezo por aqueles que vão para longe levar a Palavra de Deus com o testemunho? Vamos pensar”.

O post Papa no Angelus: a oração é condição indispensável para a missão apareceu primeiro em Notícias.

;
Matéria retirada do Site: Noticias do Vaticano por papa.cancaonova.com

Gostou do nosso site, compartilhe...
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
Twitter
Visit Us
YouTube
YouTube
INSTAGRAM

Pastoral da Comunicação Santa Terezinha

Missão: “Testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus Cristo”. A Pastoral da Comunicação testemunha e anuncia o Evangelho de Jesus Cristo, promovendo a comunhão e a participação ativa no processo comunicacional e consolidando a missão da Igreja por meio da comunicação. Definição: “É a pastoral do ser e estar em comunhão com a comunidade. É a pastoral da acolhida, da participação, das inter-relações humanas, da organização solidária e do planejamento democrático do uso de recursos e instrumentos de comunicação” (doc. 75 – Igreja e Comunicação -  CNBB) A Pastoral da Comunicação é o organismo que deve aproximar-se dos meios de Comunicação e colocá-los a serviço da divulgação da mensagem de Cristo, proclamando a partir dos telhados (cf MT. 10, 27; Lc 12,3) a mensagem da qual é depositária. E João Paulo II vem confirmar este anseio da Igreja quando diz que “não é suficiente usar os meios de comunicação para difundir a mensagem cristã e o Magistério da Igreja, mas é necessário integrar a mensagem nesta “nova cultura”, criada pelas modernas comunicações... Com novas linguagens, novas técnicas, novas atitudes psicológicas”. (Redemtoris missio). Objetivo Geral: As diretrizes da Pascom têm como objetivo principal consolidar a missão da Igreja por meio da comunicação. Organizar e animar a Pastoral da Comunicação, para que ela seja um instrumento eficaz e ajude permanentemente as paróquias e, por conseguinte a diocese a cumprir sua missão de anunciar a Cristo de modo planejado. O fortalecimento do processo dialógico enaltece qualidades existentes na comunidade como a acolhida, o amor fraternal e a compreensão da complexidade das relações pessoais e a superação dos desafios, tornando comum as diferenças e assumindo em conjunto o projeto evangélico da instalação do Reino de Deus entre nós. O Sistema Pascom de Automatização de Mensagens, foi desenvolvido plenamente para que nossos paroquianos tenha sempre a mão as notícias mais atualizadas possíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *