Papa: o apostolado da prevenção é a chave contra os abusos

Francisco ressaltou a importância da prevenção aos participantes do curso sobre protocolos e processos de prevenção para a proteção de menores

Da redação, com Vatican News

“A proteção dos menores é um problema sério, Todos conhecemos a vergonha que este problema trouxe à Igreja, por conta dos nossos membros que  estiveram envolvidos nesses crimes. Ninguém deve abusar de menores, ninguém os impeça de encontrar Jesus”. É o que afirmou o Papa Francisco na mensagem de vídeo enviada aos participantes do curso promovido, no México, pelo Centro de Pesquisa e Formação Interdisciplinar para a Proteção de Menores (Ceprome). O curso prossegue até a próxima sexta-feira, 26, na Pontifícia Universidade do México.

Leia mais
.: Papa: Novas normas para toda a Igreja contra casos de abusos
.: Vaticano apresenta três novos documentos sobre proteção dos menores

“Um curso importante para todos os menores, para que ninguém abuse deles”,”, ressaltou o Pontífice. “Deixai vir a mim as crianças”. Recordando as palavras de Jesus, Francisco enfatizou que qualquer um, seja religioso, leigo ou bispo, que impeça uma criança de chegar a Jesus, deve ser detido em suas atitudes, corrigido, se estiver em tempo, ou punido, se houver um crime.

Leia mais
.: Bento XVI: voltar a Deus para superar a crise dos abusos

“Prevenir, prevenir. (…) Esta é a chave”, acrescentou o Santo Padre. Segundo o Pontífice, a prevenção garante que as crianças não sejam abusadas. “Este é o apostolado da prevenção”, ressaltou. Francisco também sublinhou: “Dom Bosco intuiu isso e instituiu um modo de agir na educação que foi chamado de sistema preventivo, criticado nos períodos mais iluministas da instrução”.

“Esse sistema tem um grande valor porque não se sabe nunca onde um menino pode ser abusado, onde um menino será desviado, onde irão ensiná-lo a fumar drogas, o que é uma forma de corrupção. (…) Não pensemos somente no abuso sexual, mas em todo tipo de abuso”,  explicou o Papa. O curso foi inaugurado no auditório da Pontifícia Universidade do México pelo núncio apostólico, Dom Franco Coppola, com uma palestra focada no tema “A prevenção do abuso na Igreja latino-americana”.

Leia também
.: Papa pede mais apoio da sociedade aos mais vulneráveis
.: Psicóloga fala sobre abuso sexual praticado contra menores

O Ceprome nasceu de um acordo de colaboração, em 2016, entre a Pontifícia Universidade do México e o Centro de Proteção à Criança, sediado na Universidade Gregoriana de Roma. O Centro, dirigido pelo sacerdote e psicólogo padre Daniel P. Trevizo Portillo, também organizará o primeiro Congresso latino-americano sobre a prevenção de abuso de menores, programado de 6 a 8 de novembro próximo. Na última terça-feira, 16, a Conferência Episcopal do México convocou um Dia de Oração pelas vítimas de abuso sexual perpetrado por religiosos.

O post Papa: o apostolado da prevenção é a chave contra os abusos apareceu primeiro em Notícias.

;
Matéria retirada do Site: Noticias do Vaticano por papa.cancaonova.com

Gostou do nosso site, compartilhe...

Pastoral da Comunicação Santa Terezinha

Missão: “Testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus Cristo”. A Pastoral da Comunicação testemunha e anuncia o Evangelho de Jesus Cristo, promovendo a comunhão e a participação ativa no processo comunicacional e consolidando a missão da Igreja por meio da comunicação. Definição: “É a pastoral do ser e estar em comunhão com a comunidade. É a pastoral da acolhida, da participação, das inter-relações humanas, da organização solidária e do planejamento democrático do uso de recursos e instrumentos de comunicação” (doc. 75 – Igreja e Comunicação -  CNBB) A Pastoral da Comunicação é o organismo que deve aproximar-se dos meios de Comunicação e colocá-los a serviço da divulgação da mensagem de Cristo, proclamando a partir dos telhados (cf MT. 10, 27; Lc 12,3) a mensagem da qual é depositária. E João Paulo II vem confirmar este anseio da Igreja quando diz que “não é suficiente usar os meios de comunicação para difundir a mensagem cristã e o Magistério da Igreja, mas é necessário integrar a mensagem nesta “nova cultura”, criada pelas modernas comunicações... Com novas linguagens, novas técnicas, novas atitudes psicológicas”. (Redemtoris missio). Objetivo Geral: As diretrizes da Pascom têm como objetivo principal consolidar a missão da Igreja por meio da comunicação. Organizar e animar a Pastoral da Comunicação, para que ela seja um instrumento eficaz e ajude permanentemente as paróquias e, por conseguinte a diocese a cumprir sua missão de anunciar a Cristo de modo planejado. O fortalecimento do processo dialógico enaltece qualidades existentes na comunidade como a acolhida, o amor fraternal e a compreensão da complexidade das relações pessoais e a superação dos desafios, tornando comum as diferenças e assumindo em conjunto o projeto evangélico da instalação do Reino de Deus entre nós. O Sistema Pascom de Automatização de Mensagens, foi desenvolvido plenamente para que nossos paroquianos tenha sempre a mão as notícias mais atualizadas possíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *