Papa: que a Copa do Mundo possa favorecer a paz entre as nações

Francisco saudou jogadores e organizadores da Copa do Mundo na Rússia, que começa amanhã

Da Redação, com Santa Sé 

Papa recordou hoje o início da Copa do Mundo 2018, evento esportivo que começa amanhã / Foto: Reprodução Youtube – Vatican News

O Papa Francisco saudou nesta quarta-feira, 13, os jogadores e organizadores da Copa do Mundo 2018 na Rússia. O maior evento esportivo do futebol mundial começa nesta quinta-feira, 14. 

A breve saudação de Francisco por ocasião do evento foi expressa após a catequese de hoje. O Santo Padre manifestou o desejo de que a Copa possa se tornar ocasião de encontro e fraternidade entre as diversas culturas e religiões. 

“Amanhã se abrem os Campeonatos Mundiais de Futebol na Rússia. Desejo enviar a minha saudação aos jogadores e aos organizadores, bem como a quantos seguirão pelos meios de comunicação social este evento que supera toda fronteira. Possa esta importante manifestação esportiva se tornar ocasião de encontro, de diálogo e de fraternidade entre as culturas e religiões diversas, favorecendo a solidariedade e a paz entre as nações”. 

A Copa do Mundo 2018 será realizada na Rússia, em onze cidades. Participam 32 seleções, entre elas o Brasil, divididas em oito grupos. A final do campeonato está marcada para o dia 15 de julho. 

Confira também
.: Veja a lista de convocados da seleção brasileira para a Copa do Mundo
.: Comércio espera aumento das vendas com a Copa do Mundo

 

O post Papa: que a Copa do Mundo possa favorecer a paz entre as nações apareceu primeiro em Notícias.

;
Matéria retirada do Site: Noticias do Vaticano por papa.cancaonova.com

Gostou do nosso site, compartilhe...

Pastoral da Comunicação Santa Terezinha

Missão: “Testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus Cristo”. A Pastoral da Comunicação testemunha e anuncia o Evangelho de Jesus Cristo, promovendo a comunhão e a participação ativa no processo comunicacional e consolidando a missão da Igreja por meio da comunicação. Definição: “É a pastoral do ser e estar em comunhão com a comunidade. É a pastoral da acolhida, da participação, das inter-relações humanas, da organização solidária e do planejamento democrático do uso de recursos e instrumentos de comunicação” (doc. 75 – Igreja e Comunicação -  CNBB) A Pastoral da Comunicação é o organismo que deve aproximar-se dos meios de Comunicação e colocá-los a serviço da divulgação da mensagem de Cristo, proclamando a partir dos telhados (cf MT. 10, 27; Lc 12,3) a mensagem da qual é depositária. E João Paulo II vem confirmar este anseio da Igreja quando diz que “não é suficiente usar os meios de comunicação para difundir a mensagem cristã e o Magistério da Igreja, mas é necessário integrar a mensagem nesta “nova cultura”, criada pelas modernas comunicações... Com novas linguagens, novas técnicas, novas atitudes psicológicas”. (Redemtoris missio). Objetivo Geral: As diretrizes da Pascom têm como objetivo principal consolidar a missão da Igreja por meio da comunicação. Organizar e animar a Pastoral da Comunicação, para que ela seja um instrumento eficaz e ajude permanentemente as paróquias e, por conseguinte a diocese a cumprir sua missão de anunciar a Cristo de modo planejado. O fortalecimento do processo dialógico enaltece qualidades existentes na comunidade como a acolhida, o amor fraternal e a compreensão da complexidade das relações pessoais e a superação dos desafios, tornando comum as diferenças e assumindo em conjunto o projeto evangélico da instalação do Reino de Deus entre nós. O Sistema Pascom de Automatização de Mensagens, foi desenvolvido plenamente para que nossos paroquianos tenha sempre a mão as notícias mais atualizadas possíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *