Regina Coeli: Papa fala sobre a Solenidade da Ascensão do Senhor

Francisco explica que esta comemoração traz em seu significado o início da missão da Igreja

Da redação, com Boletim da Santa Sé

O Santo Padre durante o Regina Coeli deste domingo, 13 / Foto: Reprodução Vatican News

Neste domingo, 13, durante sua tradicional oração mariana do Regina Coeli, o Papa Francisco falou sobre a Solenidade da Ascensão do Senhor que traz, segundo o pontífice, dois aspectos a serem contemplados: o nosso olhar para o céu onde Jesus Cristo está glorificado e o início da missão da Igreja.

“Porque Jesus ressuscitado e levado aos Céus envia seus discípulos para difundir o Evangelho por todo o mundo”, explicou o Sucessor de Pedro. “Portanto a ascensão nos exorta a olharmos para o Céu e, em seguida, dirigi-lo à Terra para que realizemos as tarefas que o Senhor ressuscitado nos confia”, reiterou.

E a passagem do Evangelho deste domingo, de acordo com o Santo Padre, convida-nos a exatamente isto. “Trata-se de uma missão sem limites, que supera as forças humanas. De fato, Jesus diz: ‘Ide por todo o mundo e anunciai o Evangelho a toda a criatura’. Parece uma tarefa realmente ousada confiada por Jesus a um grupo de homens simples e sem grandes habilidades intelectuais”, detalhou o Papa. “Mas este projeto de Deus só pode ser realizado pelo poder que Ele próprio concede aos apóstolos”, afirmou.

E foi por meio do Espírito Santo que os discípulos de Jesus puderam levar a cabo sua missão ‫― missão esta chancelada pelo Filho de Deus. “’Vocês receberão a força do Espírito Santo que descerá sobre vocês, e vocês serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda Judeia, em San Maria e até os confins da Terra’, assim esta missão pôde se tornar realizada e os apóstolos deram início a esta obra, que depois foi continuada por seus sucessores”, explicou Francisco.

O Sucessor de Pedro lembrou ainda de que todos aqueles batizados têm força e sabedoria para espalhar o Evangelho pelo mundo. “Em virtude do batismo que recebeu, cada um é capacitado de sua parte a proclamar o Evangelho. O batismo nos leva a sermos missionários”, asseverou.

Apelo aos indonésios e saudação aos jornalistas

Ao final deste Regina Coeli, o Papa Francisco lamentou a morte de 11 pessoas durante três atentados contra igrejas cristãs na cidade de Surubaia, na Indonésia. “Elevo a minha oração por todas as vítimas e seus parentes. Juntos, evoquemos o Deus da paz para que faça cessar essas violências”, disse.

Francisco lembrou ainda o Dia Mundial das Comunicações Sociais, cujo tema é “Fake News e Jornalismo de Paz”. “Saúdo todos os trabalhadores da mídia, especialmente os jornalistas comprometidos em buscar a verdade das notícias, contribuindo para uma sociedade justa e pacífica”, disse.

O Santo Padre não se esqueceu das mães, neste dia dedicado a elas que é celebrado em diversas partes do mundo. “Gostaria de saudar todas as mães, agradecendo pela sua custódia da família. Recordo também as mães que nos olham do céu e continuam a nos conservar com oração”, findou.

O post Regina Coeli: Papa fala sobre a Solenidade da Ascensão do Senhor apareceu primeiro em Notícias.

;
Matéria retirada do Site: Noticias do Vaticano por papa.cancaonova.com

Gostou do nosso site, compartilhe...
RSS
Follow by Email
Facebook
Facebook
SHARE
YouTube
YouTube
INSTAGRAM

Pastoral da Comunicação Santa Terezinha

Missão: “Testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus Cristo”. A Pastoral da Comunicação testemunha e anuncia o Evangelho de Jesus Cristo, promovendo a comunhão e a participação ativa no processo comunicacional e consolidando a missão da Igreja por meio da comunicação. Definição: “É a pastoral do ser e estar em comunhão com a comunidade. É a pastoral da acolhida, da participação, das inter-relações humanas, da organização solidária e do planejamento democrático do uso de recursos e instrumentos de comunicação” (doc. 75 – Igreja e Comunicação -  CNBB) A Pastoral da Comunicação é o organismo que deve aproximar-se dos meios de Comunicação e colocá-los a serviço da divulgação da mensagem de Cristo, proclamando a partir dos telhados (cf MT. 10, 27; Lc 12,3) a mensagem da qual é depositária. E João Paulo II vem confirmar este anseio da Igreja quando diz que “não é suficiente usar os meios de comunicação para difundir a mensagem cristã e o Magistério da Igreja, mas é necessário integrar a mensagem nesta “nova cultura”, criada pelas modernas comunicações... Com novas linguagens, novas técnicas, novas atitudes psicológicas”. (Redemtoris missio). Objetivo Geral: As diretrizes da Pascom têm como objetivo principal consolidar a missão da Igreja por meio da comunicação. Organizar e animar a Pastoral da Comunicação, para que ela seja um instrumento eficaz e ajude permanentemente as paróquias e, por conseguinte a diocese a cumprir sua missão de anunciar a Cristo de modo planejado. O fortalecimento do processo dialógico enaltece qualidades existentes na comunidade como a acolhida, o amor fraternal e a compreensão da complexidade das relações pessoais e a superação dos desafios, tornando comum as diferenças e assumindo em conjunto o projeto evangélico da instalação do Reino de Deus entre nós. O Sistema Pascom de Automatização de Mensagens, foi desenvolvido plenamente para que nossos paroquianos tenha sempre a mão as notícias mais atualizadas possíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *