Cantar a Liturgia

BREVE MISTAGOGIA DE UM CANTO DE COMUNHÃO PARA A FESTA DE CRISTO, REI DO UNIVERSO Ó Jesus, não te esqueças de mim quando, um dia, em teu reino vieres! ó Senhor que te lembres da gente quando, então, em teu reino estiveres! 1- Falou Deus, o Senhor, chamou a terra, do nascente ao poente a convocou. Deus refulge em Sião, beleza plena não se cala ante nós, que ele chamou. 2- “Reuni na minha frente os meus eleitos, que selaram a aliança ante o altar!” O próprio céu será a Leia Mais …

Cantar a Liturgia

CANTAR AS FESTAS DO SENHOR  Ainda que, ao longo do ano litúrgico, a Igreja celebre o mesmo mistério de Cristo, ao calendário litúrgico foram sendo agregadas, no decorrer da história, outras festas do Senhor. Dentre estas, destacam-se: Santíssima Trindade (domingo depois de Pentecostes), Santíssimo Corpo e Sangue do Senhor (quinta-feira depois da Santíssima Trindade) e Cristo, Rei do Universo (último domingo do ano litúrgico). Trata-se de solenidades surgidas durante o segundo milênio da era cristã, exclusivas do Ocidente. Elas não têm como objeto de celebração algum aspecto particular do mistério Leia Mais …

Cantar a Liturgia

BREVE MISTAGOGIA DE UM CANTO DE COMUNHÃO PARA O TEMPO COMUM  Felizes os pobres, felizes os mansos quem busca a justiça, com sede e com fome. Feliz quem quer paz feliz quem é puro, Feliz quem padece, Senhor por teu nome! (4° DTC-A). Senhor, nós queremos ser luz para o mundo, que vive nas trevas, andando no escuro Queremos ser sal, levando pra todos o gosto da vida, num mundo tão duro (5º DTC-A) Aquele que faz, aquele que ensina os teus mandamentos, tua lei, ó Senhor, no reino do Leia Mais …

A PALAVRA DE DEUS SE FEZ CARNE E HABITOU ENTRE NÓS

A PALAVRA DE DEUS SE FEZ CARNE E HABITOU ENTRE NÓS: Para fortalecer a fé e a esperança de quem promove a paz e a concórdia entre as pessoas, as famílias e as nações; Para animar cada pessoa a conhecer e acolher vossa salvação e vossa justiça para construir um mundo novo; Para dissipar com vossa luz, as trevas do egoísmo, da intolerância, da injustiça e da violência; Para ajudar-nos a tomar consciência da imensidão do vosso amor, manifestada pela vinda de vosso Filho. Oh Pai ajudai-nos a responder a Leia Mais …

Cantar a Liturgia

CANTOS DE COMUNHÃO PARA OS DOMINGOS DO TEMPO COMUM  O canto de comunhão para os domingos do Tempo Comum, bem como do restante do ano litúrgico, tem como função ministerial exprimir, pela unidade das vozes, a união espiritual dos comungantes, demonstrar a alegria dos corações e enfatizar a índole comunitária e eclesial do gesto litúrgico da procissão (cf. IGMR 86): “O único simbolismo da fusão das vozes, como sinal de união dos que cantam assume, no momento da ‘comunhão’ sacramental, um significado particularmente eloquente” (J. Gelineau). Em outras palavras, esse Leia Mais …

Cantar a Liturgia

BREVE MISTAGOGIA DE UM CANTO DE ABERTURA PARA O TEMPO COMUM  No meio da tua casa, recebemos, ó Deus, tua graça! Sem fim nossa louvação, pois a justiça está sempre em tuas mãos!  1- Alegrai-vos no Senhor!/ Quem bom venha louvar!/ Peguem logo o violão/ e o pandeiro pra tocar. /Para ele um canto novo / vamos, gente, improvisar. 2- Ele cumpre o que promete: /podem nele confiar! / Ele ama o que é direito / e ele sabe bem julgar. / Sua palavra fez o céu,/ fez a terra Leia Mais …

Cantar a Liturgia

A MISTAGOGIA APLICADA À MÚSICA LITÚRGICA Assim como as leituras bíblicas e as orações, o canto litúrgico é uma “ação ritual”, expressão ritual de nossa fé. Como toda ação ritual, ele é “sinal sensível”, que significa e realiza o mistério de nossa “salvação” (cf. SC 7).  Uma possibilidade de fazer a mistagogia de determinado canto litúrgico é durante o ensaio – sem pressa –, fazer a “degustação” do texto, da melodia, do ritmo etc.  A liturgista lone Buyst, em seu livro Música ritual e mistagogia (pp. 14-16), propõe três passos: 1) Descrição e análise da ação Leia Mais …

Cantar a Liturgia

CANTO E MÚSICA: EXPRESSÃO DE ALEGRIA E AMOR  Sabe-se que a alegria era uma característica marcante nas comunidades cristãs primitivas. No livro dos Atos dos Apóstolos, lemos que os primeiros cristãos “frequentavam diariamente o templo, partiam o pão pelas casas e tomavam a refeição com alegria e simplicidade de coração” (At 2,46). Essa alegria é, naturalmente, expressão da fé no Ressuscitado.  A ação do Espírito Santo faz que os salmos e cânticos, outrora entoados pelo povo da primeira aliança, ressoem, agora, no coração e nos lábios dos cristãos com um Leia Mais …

Cantar a Liturgia

CANTO E MÚSICA : EXPRESSÕES DA COMUNHÃO ECLESIAL  São João Crisóstomo (século IV) em uma de suas homilias, diz: “Desde que o salmo ‘cai’ no meio de nós, ele reúne as vozes diversas e forma de todas elas um cântico harmonioso: jovens e velhos, ricos e pobres, mulheres e homens, escravos e livres, fomos arrastados em uma só melodia. […] O profeta fala, e todos nós respondemos todos mesclamos nossa voz à sua. Aqui não há nem escravo nem livre, nem rico nem pobre, nem príncipe nem súdito; longe de Leia Mais …